segunda-feira, 10 de outubro de 2011

ENQUANTO HÁ...


Desencontros são freqüentes
Corações são indomáveis
Clorofila ativa o verde
Hoje quero serenar.


Amanhã quando abrir os olhos o pigmento poderá mudar
Mas,
Nunca o tom cinza da fumaça urbana deverá reinar.
Caso ocorra,
Sei que o meu tempo sustou minha existência
Meu coração dilacerou-se em lamentos,
E minha clorofila mudou de jardim
Para jamais por aqui tornar a
Cruzar...



JRA (o poeta da verdade).


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Licença de direitos autorais(leia com atenção). Ao copiar textos, lembre de acrescentar os créditos. Licença Creative Commons
This work is licensed under a Creative Commons Attribution License.