quarta-feira, 17 de março de 2010

MARCAS


















A calçada do tempo marca somente passos...

A trilha do destino indica possibilidades.

Amanhã talvez eu volte e passe por aqui!

A notar a poeira do chão que ainda domina...

Sem solução segui cabisbaixo pela urbe.

O bar ficara para trás, e os pensamentos insistiam

em manter o hoje vivo!

Dei alguns golpes na cachola, mas de nada adiantou.

Entre um soco e outro, de repente surge uma imagem turva

A pular para fora do peito, mostrando a outra face...

Olhei ao redor e os viandantes sumiram.

Carros presentes,

Rompendo distancias velozmente pela via pavimentada,

São vistos aos montes...

É o efeito do anestésico inalado chamado poluição!

O vidro fumê camufla as faces,

E ao olhar para baixo o sapato modesto ainda conforta o peso do meu corpo...

A outra face ficou desnorteada com o que viu.

Berrou: “quero voltar, me deixe entrar!”

Neste instante o sino da catedral ditava o som do tempo

Dezoito batidas fortes, a consciência retornou...

Os copos vazios no bar ficaram

Os carros presentes sumiram

Os viandantes surgiram

Meu coração bate feliz...


JRA (o poeta da verdade).



3 comentários:

  1. ainda bate! que bom... que bom... que bom...

    ResponderExcluir
  2. A Inspiração surge.... e você compartilha suas Vivências e Emoções.
    Essas fluem naturalmente de dentro do teu ser , tornando-se visíveis na Escrita.
    Que esse DOM que tu tens , continue sendo Abençoado.
    Beijos no teu coração.

    ResponderExcluir
  3. OLá!!! Queria agradecer pelo doce comentário, que vc postou na comuna, casa do escritor, sobre o poema "Onde está o escritor".... e aproveitei, enrei aqui, e achei liiiiinnndddoooo esse poema, tem um lirismo dificil de se encontrar por aí!

    *ah, sei que aqui não é lugar, mas vi que vc tem um contador, e eu goastaria muito de colocar na minha pagina, sabe como se faz???

    Valeu o cometário...bjs

    ResponderExcluir

Licença de direitos autorais(leia com atenção). Ao copiar textos, lembre de acrescentar os créditos. Licença Creative Commons
This work is licensed under a Creative Commons Attribution License.