quinta-feira, 14 de maio de 2009

Acróstico Retirantes












R
astros de peregrinação


Em busca de outro sertão.


Trouxe memórias de dor


Impressas no coração

Reluzindo na imensidão

A marca da passada forte


Noite adentro de horror.


Temendo por vidas


Emanadas de semblantes


Surgidos de receio, angustia e desilusão...



JRA (o poeta da verdade)



5 comentários:

  1. prefiro não comentar...(ih, comentei, neh?)

    ResponderExcluir
  2. Belíssimo este poema!Sensível!Infelizmente, atual, os retirantes continuam pelo Brasil afora, pelos mais variados motivos..
    Martha

    ResponderExcluir

Licença de direitos autorais(leia com atenção). Ao copiar textos, lembre de acrescentar os créditos. Licença Creative Commons
This work is licensed under a Creative Commons Attribution License.