Poesias


Acróstico Poesias


P ente fino do sentimento colhido com emoção


O riginário do bálsamo que pulsa o liquido emotivo do coração


E mana sua essência por diversas províncias de leituras


S sensibilizando os atilados e mentores do artífice manuscrito


I dealizando segmentos preciosos das mais diversas formas


A assim declinando sem exaustão os rudimentos das palavras do natural e o belo


S eguindo como canção de instante dos mais nobres corações.


JRA (o poeta da verdade)



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

JARDIM DAS FLORES - "DIA DAS MÃES"

MIMOSA SAUDOSA

QUADRADO