quarta-feira, 4 de março de 2009

PLANTAR


Olhos sonolentos

Janela semi-aberta

Chinelos calçados

Tem que levanta.


Água fria da torneira

Face fechada reclama

O despertar é vida

Manhã acompanha.


Mesa posta

Café com leite

Rosca salgada

Bom dia no ar.


A porta abre

Range a dobradiça

O sol brilha

É tempo de plantar!


JRA (o poeta da verdade).



Um comentário:

  1. plante mesmo, amigo!...

    mas sei q vc tem aí um pé de abacate... fruto que é como eu: amadurece, mas continua verde! hahaha

    bjs

    ResponderExcluir

Licença de direitos autorais(leia com atenção). Ao copiar textos, lembre de acrescentar os créditos. Licença Creative Commons
This work is licensed under a Creative Commons Attribution License.