A FLOR DE MEU JARDIM




A estação mudou
Aberto o verão
O jardim parou
Aja solidão .
Onde estará a flor?
No monte não
No jardim não
No coração ...
A dona do canteiro
Não divulgou onde
Deixou a sementeira.
Agora o que fazer?
Buscar auxilio no vizinho
Pulando a cerca
Fuçando de mansinho.
Será ?
A flor de meu jardim
Não surge assim.
Agora o que fazer?
Colocar a mão no peito
Sentir por inteiro
O coração emotivo
De moleque travesso.
A lembrar , lembrar e lembrar
A dona do canteiro não quis falar
Esperou o infante germinar
A semente do jardim a desejar.
No monte não
No jardim não
No coração sim!
A estação mudou
Aberto o inverno
O jardim parou.
Não!
A nova estação
Apenas aguarda
Com o coração
A semente certa.

JRA (o poeta da verdade).


Comentários

  1. Flores são muito temperamentais... ainda q amorosas!
    beijos

    ResponderExcluir
  2. Gostei muito do poema A FLOR DO MEU JARDIM..., aliás estou te acompanhando e gostando de tudo o que escreve...
    Não sei fazer lindos comentários, fiz esse para vc saber que ando por aqui viu!

    abraços...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

JARDIM DAS FLORES - "DIA DAS MÃES"

MIMOSA SAUDOSA

QUADRADO