quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

CHÃO DURO


Chão duro
Pés ferventes
Dia de verão.
Hoje não foi diferente
Caminhei e caminhei
Pela longa estrada
Do amanhã.
Minha mente?
Ficou em algum lugar.
Meu coração?
Ainda bate!
E os pés no chão.
Então a energia
Saiu do solo
Passou pelo coração
E chegou à mente.
Mudou?
Sim!
A minha mente
A continuar
A pensar, pensar
E caminhar pelo
Chão duro
Pés ferventes
Dia de verão...

JRA (o poeta da verdade).

2 comentários:

  1. Oi amigo, com certeza é assim quando nos dispomos a caminhar..o coração pulsa e a alma está lá, mas, a imaginação vai além do que se pode esperar.
    Boa semana pra você amigo poeta,admiro seus escritos viu!

    Ah e como feed back em relação a seu comentário em meu armazém, devo concordar que eu também gostaria de ter o poder de parar o tempo para aproveitar mais os bons momentos da vida: os amigos, os amores, a família, enfim.

    Beijos em seu coração.

    ResponderExcluir
  2. muitos dias quentes ainda virão. continue pensando...
    beijos

    ResponderExcluir

Licença de direitos autorais(leia com atenção). Ao copiar textos, lembre de acrescentar os créditos. Licença Creative Commons
This work is licensed under a Creative Commons Attribution License.