segunda-feira, 3 de novembro de 2008

EMOÇÃO



Não tem como ser ou talvez não fosse diferente detalhar neste trecho a “emoção” de mais um momento. Dia 31/10/2008 as 22h00min começou o som poderoso da “emoção” cativar como sempre os de plantão e assim após a chegada diante do convite de um amigo que marcou juntamente com os demais integrantes uma trajetória de fazer a arte de o dom explodir em “emoção” através do rock que alivia. Foi no moto clube Lebara’s a ocasião de um feitiço, talvez pelo dia a marcar “o tal halloween” ou dia das bruxas, mas algo indicava que não. Um arrepio a mais marcou a pele calejada do tempo quando os olhos viram a organização de uma irmandade que tem a fama de “temerários”. Fama esta de filme, pois a visão que tive trouxe o quanto são organizados e hospitaleiros no abraço e cumprimento que tive a cada face estranha de duas maneiras. Primeiro para mim que realmente era o estranho a chegar e depois a forma carinhosa e acolhedora no gesto simples de olhar e dizer com os olhos “seja bem vindo meu irmão, você faz parte desta festa”. Então encontrei na entrada a primeira fonte de mudança que organizou e hoje mantém os passos certos da banda. Vi crianças alegres a cantar e agitar. Vi mulheres a beber e vi mais ainda inúmeros homens se abraçarem e com alegria escutar e beber, como se você uma confraternização. Um lugar simples, mas extremamente rico em energia positiva. E assim seguiu o trecho. Hits dos mais variados sintonizaram a harmonia das guitarras, da bateria, do contrabaixo e da voz no canto com a alma encantada e o espírito forte. Percebi que o dia mudara com o passar dos ponteiros do tempo que o relógio demarca sem parar e de repente uma surpresa. Uma musica dedicada “Telegram”. Sim um telegrama enviado com sentimento, com carinho e respeito e percebi que neste momento de “emoção” o dia mudara para 01/11/2008. Então já não era o feitiço a encantar de uma bruxa e sim dia de todos os santos a mencionar. Pensei em silencio. – Acho que “São Nunca” existe mesmo, pois nunca imaginei que fosse possível sentir novamente esta “emoção”. Um devaneio após o outro marcou a mudança do tempo e quando me despedi de todos para retornar ao lar um novo momento pegou de surpresa nas vozes a chamar. – Venha, toque uma com a gente! Minhas pernas tremeram, minha voz sumiu, meus olhos trouxeram as lagrimas de instantes e fui passo a passo sentar na banqueta que rege a batida do coração de uma banda “a bateria”. O hit “This fly tonight” tocamos e o nunca fora concedido. Acho que nem o mais supersticioso seria capaz de afirmar o contrario e se estivesse presente apenas mencionaria. – Viu! Este dia existe! A tradução da musica tocada era precisa “O vôo desta noite” marcando com muita emoção e o desfecho mais ainda quando na ultima batida vi os olhos a brilharem! O presente deste momento não tem preço, pois fica lá , bem lá dentro do “coração” e então ao se despedir percebi que o tempo é uma semente que brota uma arvore que se manifesta dia após dia e quando vamos embora e retornamos , consegue-se notar que seus galhos formam os caminhos que percorrera até então para “sobreviver e crescer”...


Sucesso a todos e o meu muito obrigado por este momento de emoção, fiquem com DEUS!


Obs. - este trecho trago minha emoção em palavras após longos anos distante da minha banda , onde tocar com a alma era algo notado pela turma que seguia e o espirito forte de cada membro era expressado no dom do musico que faz com amor o que gosta. Dei uma "canja" como a turma diz e tremi muito , e quase derrubei a baqueta diante do nervosismo, rs faz parte ...



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Licença de direitos autorais(leia com atenção). Ao copiar textos, lembre de acrescentar os créditos. Licença Creative Commons
This work is licensed under a Creative Commons Attribution License.